Operação E-Commerce Retail Week of Action

Raquel Pimentel - Operação E-Commerce Retail Week of Action

Operação ‘e-Commerce Retail Week of Action’ já fez dois detidos

Através da Unidade Nacional de Combate à Corrupção – UNCC, a Polícia Judiciária já identificou e deteve dois indivíduos no âmbito da operação ‘E-Commerce Retail Week of Action’. Esta investigação, coordenada pela Europol, tem como principal missão prevenir e combater os crimes de burla informática através da aquisição de bens online.

Os dois compradores, agora detidos, foram surpreendidos em flagrante delito a levantar bens encomendados de forma fraudulenta – via online – com recurso a dados de cartões bancários (de terceiros) obtidos através de sistema informático.

Na sequência desta operação, ainda em curso, para além da apreensão de material informático e de telecomunicações, bebidas alcoólicas e perfumes, foram encontrados cerca de 20 mil dados de cartões bancários – referentes a cidadãos portugueses e de várias outras nacionalidades – prontos para serem usados em compras efetuadas sob o mesmo tipo de ilícito.

Se, no mundo virtual, é impossível roubar uma carteira, o mesmo não se pode dizer do conteúdo de uma conta bancária. Já agora fique a saber que, para lá de desvio e apropriação de dinheiro por via informática, o chamado ‘ciber-roubo’ inclui outras atividades, como, por exemplo, espionagem, fraude, plágio e pirataria. O envio de um e-mail que pede ajuda para se transferir fundos de outro país é uma das práticas mais difundidas. Neste campo, há ainda que ter em atenção os jogos online que exigem pagamento eletrónico. Em alguns casos, os próprios prestadores de serviços do jogo usam esses dados para posteriormente roubar as vítimas.

A operação E-Commerce Retail Week of Action prossegue…

Os comentários estão fechados.