Category Archives: comunicação

Samsung cancela o Galaxy Note 7

Depois dos rumores, as certezas! A Samsung decidiu mesmo interromper a produção do modelo Galaxy Note 7, lançado no verão passado, devido a problemas relacionados com a bateria. Na origem do defeito estará a relação do íon-lítio e o risco de explosão durante ou depois o carregamento. Ao que tudo indica, a empresa sul-coreana terá comercializado este modelo de forma precoce, antecipando-se assim ao lançamento do iPhone 7 da sua principal rival, a multinacional norte-americana Apple.

No seu comunicado de hoje, terça-feira 11 de outubro, aquela que é considerada a maior fabricante de telemóveis do mundo também garantiu que todos os consumidores do Note 7 vão poder reaver o dinheiro dos aparelhos ou reinvesti-lo na aquisição de quaisquer outros modelos (da empresa). O modelo será muito provavelmente retirado do mercado. Segundo o jornal norte-americano The New York Timesa produção do melindroso Smartphone vai mesmo cessar definitivamente. As perdas acarretadas por todo este processo apontam valores superiores a 2.700 milhões de euros nos próximos 2 trimestres.

Para a empresa fundada em 1938 pelo empresário Lee Byung-chul, classificada pela revista quinzenal Forbes como sendo a 15.ª empresa mais confiável do mundo em 2015, esta falha surgiu no pior momento. A Samsung já estava a atravessar um mau período. O equipamento Galaxy Note 7 vê assim abreviado o seu percurso no know-how sul-coreano. Este episódio pode incidir na imagem da marca.

Até agora, a atual gama alta de smartphones teve duas grandes virtudes: eram esteticamente muito atrativos e ainda tremendamente potentes. Falamos de complexas obras de engenharia que oferecem uma solvência total, por mais exigente que seja o serviço. É um facto que as dimensões destes equipamentos já não são um problema para os engenheiros, que continuam, ano após ano, a instalar-lhes componentes mais céleres e eficientes em volumes de produto semelhantes ou, inclusive, menores do que os de gamas anteriores. Isto, para não falar nos smartphones que chegam aos 6 GB de RAM (mais do que alguns portáteis atuais).

Quanto às baterias e aos consumos energéticos, cada vez mais reduzidos, apesar de alguns modelos chegarem já aos dois dias de uso intensivo sem grande senão, o avanço exige algum tempo. Além da redução no consumo de bateria, avançou-se de forma significativa na sua dinâmica de recarga rápida. Por exemplo, hoje, segundo os modelos e não penetrando na quantidade de energia transferida como no caso do novo interface USB Tipo C, é possível carregar a bateria até 50% em apenas meia hora.

Samsung Galaxy Note 7

Samsung retira o Galaxy Note 7 de circulação

Fica provado que, de forma geral, a maioria dos telefones (inteligentes) de gama alta oferece rendimento suficiente para que os utilizadores fiquem satisfeitos. Mantendo-se na linha da frente, a Samsung tem vindo a desenvolver os equipamentos de forma operativa; foi pioneira no desenvolvimento do PMPs (Portable Media Players), na comercialização da primeira memória flash, o não menos conhecido NAND SSD (Solid State Disk) de 32GB, e, atualmente, começou com a integração do sensor de ritmo cardíaco. Contudo, tudo isto requer precisão e um tempo mínimo de aplicação.

«No melhor pano cai a nódoa», se este adágio popular terrifica os grandes fabricantes, neste caso a Samsung acabou de colidir frontalmente com uma segunda lição «Quanto mais depressa, mais devagar».

Anúncios

Enciclopédia Internacional de Marketing sempre atual

Portugal foi o quarto país a ver publicada, há já alguns anos através da Porto Editora, a Enciclopédia Internacional de Marketing, que define e sistematiza, em mais de 540 páginas, os conceitos fundamentais desta área, em franco desenvolvimento em todo o mundo. Ao todo, são mais de 3500 conceitos analisados (e bem), distribuídos por áreas temáticas. Úteis, também, são os completos glossários português-inglês e inglês-português, além do índice remissivo naturalmente, que permite encontrar expressões mesmo sem saber em que área temática foram englobadas.

Enciclopédia Internacional de Marketing

Originalmente editada nos Países Baixos, com o apoio da Confederação Europeia de Marketing – EMC (European Marketing Confederation), a obra foi aqui revista, no nosso país, por membros da Sociedade Portuguesa de Marketing, o que é mais uma garantia de qualidade. Vá lá: na verdade, trata-se de uma enciclopédia com alguns aninhos. Mas, nos tempos que correm, a sua utilidade é sempre válida.

Paulo Portas sai do Governo

Paulo Portas demite-se do GovernoApós sucessão de desavenças no seio da coligação PSD/CDS-PP e recente nomeação de Maria Luís Albuquerque para a pasta das Finanças, às 17 horas de hoje, o número dois do Governo, Paulo Portas, apresenta demissão (irrevogável). A escolha da secretária de Estado do Tesouro para o cargo estará na origem deste pedido de cessação de funções. A dissolução do parlamento e convocação de eleições antecipadas – por parte do Presidente da República – parecem iminentes.

O Primeiro-Ministro de Portugal,  Pedro Passos Coelho, prometeu fazer uma declaração ao país, por volta das 20h00 de hoje.

A Máquina ou Nós

A Máquina ou Nós - Raquel Pimentel

A Máquina ou Nós

«A Máquina ou Nós» artigo sobre o percurso e a evolução da ciência ao serviço da humanidade, passando pelos teoremas de Kurt Gödel, entre outros. Devido à extensão do texto, o post foi dividido em duas partes.

A Máquina ou Nós publicado no site http://www.raquelpimentel.com

Mais humor na televisão em 2013

Algumas televisões preparam-se para contrariar a tristeza dos portugueses. Segundo revelações recentemente publicadas por Laetitea (via blog), os conteúdos televisivos de 2013 prometem formatos com mais humor. Numa altura claramente desmarcada pelo desemprego, esta é com certeza uma boa notícia para o profissionais do setor ‘comédia’. Neste artigo «A Televisão em 2013» Laetitea convida-nos igualmente a descobrir o que nos reserva a televisão, do ponto de vista tecnológico. Graças aos satélites de comunicações, mas também aos desenvolvimentos na informática, na fibra ótica, etc., estamos no limiar de uma grande revolução nas nossas vidas. A fusão das tecnologias de comunicação num único meio promoverá a caixa que mudou o mundo ao nobre papel de central doméstica das ligações com o mundo.

A Televisão em 2013 - Artigo de LaetiteaAlgumas tendências começam a desenhar-se “obedecendo à extração conclusiva dos diversos tópicos debatidos num colóquio, na passada semana em Paris, o protagonismo do aparelho recetor pode levá-lo a converter-se no centro de todas as comunicações do lar…”, é o que nos explica Laetitea nesta nova publicação. Uma leitura muito detalhada para quem gosta de espiar a televisão, vista de dentro.

Tudo isso e muito mais no blog pessoal de Laetitea. Vale a pena ler …e ver!

Pavilhão Atlântico tem novo dono (desenvolvimento)

É sempre com alguma decepção constatar a ligeireza com que alguns supostos jornalistas, de pequenos sites aparentemente vocacionados para as lides noticiosas, se limitam a copiar títulos e/ou a regurgitar conteúdos. Infelizmente, é de salientar uma certa precipitação na forma como são reproduzidas essas alegadas informações. Conforme foi aqui publicado no dia 26/07/2012 (data da conclusão do negócio em foco relacionado com o Pavilhão Atlântico), a grande sala de espetáculos do país vai investir determinadas verbas na referida música portugesa. Quer isto dizer, contrariamente ao que se pode ler nas ditas malhas meramente copiadas e misteriosamente atribuidas ao consórcio Arena Atlântico, isto é, mal copiadas, os grandes espetáculos não vão “manter”o seu enquadramento em vigor ou habitual. O desenvolvimento em prol da música portuguesa, informação essa que não foi fornecida – publicamente – pela Arena Atlântico mas por mim, vai beneficiar de outro tipo de promoção.
Informação: não sou responsável pela ordem com que são classificadas as notícias no Google, tampouco entendo os critérios com que este estabelece essa ordem. O Post original, cito: Pavilhão Atlântico tem novo dono, foi postado a 26/07/2012. Quer se trate de uma manipulação (SEO) do chamado ‘PageRank’ por parte das entidades emissoras dessas reproduções, quer por parte das equipas incumbidas de zelar pela sequência correta com que são publicados os conteúdos na Internet, assumo a minha absoluta isenção.

Raquel Pimentel

Dicas para melhorar a voz

www.raquelpimentel.comNovo artigo no site: «Dicas para melhorar a voz»

A dupla de psicólogos Anette Liebler e Peter Borkenau estudou a valoração de um grupo de pessoas filmadas enquanto realizavam um teste de inteligência. Setenta por cento das opiniões emitidas pelos observadores da experiência adaptavam-se à realidade. No entanto, quando os psicólogos suprimiram a voz das gravações, a maioria das avaliações resultou inconclusiva. Por isso, tudo aponta para que, no que diz respeita à imagem formada sobre a inteligência, a voz e forma de falar estão profundamente interligadas. Por outro lado, parece que valorizamos o caráter guiados por estímulos chave como o sorriso, a amabilidade ou o contato visual. Em consequência, as possibilidades de errar aumentam proporcionalmente à ausência desses estímulos…
Artigo disponível em http://www.raquelpimentel.com

A linguagem do corpo

Novo artigo no site: «A linguagem do corpo»

Ainda no seguimento do post anterior (ver site http://www.raquelpimentel.com). Um olhar atento à nossa linguagem corporal revelará, em certas ocasiões, muito sobre nós mesmos. Veja o significado de alguns dos gestos e posturas mais habituais ao longo de uma conversa… aqui

Ser ou Parecer, eis a questão!

Novo artigo no site: «Ser ou Parecer, eis a questão!»

Trata-se de um ramo do conhecimento ainda envolto em bastante controvérsia, mas já com alguns especialistas em Portugal: a ciência da comunicação não verbal. Segundo os teóricos, que se socorrem da psicologia e da etologia, os gestos transmitem inúmeras informações sobre a personalidade e o estado de espírito, e estamos naturalmente treinados, uns mais do que outros, para os interpretar. Ainda mais polémica é a teoria de que os traços do rosto espelham o caráter, mas deixo esse conjunto de códigos para outra ocasião…

Saiba tudo em http://www.raquelpimentel.com

tvescolas a 28 de março

tvescolas

O tvescolas tem vindo a promover uma série de palestras dirigidas à comunidade do ensino secundário (12º ano). Esta iniciativa conta igualmente com a participação de figuras públicas como jornalistas e apresentadores da praça televisiva.

https://raquelpimentel.wordpress.com

Queluz, 28 de março – Eu, perante uma plateia constituída por 3 turmas do 12º ano e alguns docentes (diretores de turma), numa apresentação sobordinada ao tema ‘Comunicação em Televisão’. Mas temáticas multidisciplinares como o à-vontade, fotogenia, a capacidade de auto-domínio e controlo sobre as situações foram igualmente abordadas no evento.

TELENIMA recruta recém-licienciados

Com sólidas relações de parceria com um dos maiores Grupos privados na área do Audiovisual, a TELENIMA, em fase de estruturação apesar do seu envolvimento (parcial) com importantes Empresas do setor, alia-se no combate à segmentação do desemprego. Exclusivamente destinadas a recém-licenciados, desta feita estão abertas inscrições para eventual contratação, em regime de experiência a termo resolutivo certo pelo período de um ano…

(ver o anúncio)

“O público português é pouco homogéneo porque há várias correntes e atitudes diferentes em relação ao audiovisual. Há quem opte por determinados formatos porque é moda, quem se oriente pela qualidade, os entusiasmados pela modelagem irreverente, apelidada de alternativa, e outros há – mais preguiçosos – que se deixam conduzir pelo arrasto, se os podemos qualificar. Há um certo nível de apreciação e qualidade nos consumidores e o potenciómetro comercial sofreu uma valente derrapagem desde 2010 em Portugal. Estamos a atravessar um período complicado em termos de apostas novas. Existem muitos riscos. Isto dantes era uma indústria que corria riscos, agora é uma indústria de não tomar riscos. Cover your ass, como dizemos. Efectivamente, com a falta de verbas tudo carece de reorganização e reestruturação e os projectos embrionários tendem a permanecer na gaveta até á «monção económica». Numa altura em que o retorno fechou a torneira, investir «a seco» pressupõe precisamente converter a garantia em morte prematura. A «congelação» faz parte do business plan. Por outro lado, o importante é fazer as coisas pelo gosto para que se possa ter um bom desenvolvimento e esse é o território da TELENIMA. Ainda relativo à ideia TELENIMA, que eu considero uma espécie de joint-venture em gestação, de uma forma geral, tudo nela se desenvolve de forma espontânea, o que significa que, devido ou graças ao estado actual das coisas, os objectivos fogem um pouco daquela previsibilidade – break even – irritante geralmente consagrada aos grandes empreendimentos” arremata Laetitea

TVI celebra 19 anos


A TVI comemora hoje os seus 19 anos de competência. São 19 anos de sucesso em nome de uma relação de confiança e respeito com o público português. Hoje, líder indiscutível de audiências nos últimos sete anos e uma referência na informação, a estação de Queluz celebra o seu aniversário com um brinde à preferência dos espectadores!

 

Falar em público

Todo o falar, num certo sentido, é falar «em público», porque há sempre alguém presente quando nós falamos. Falar «em particular» é, em última análise, falar consigo mesmo. Uma tal pessoa merece a nossa simpatia, ou até talvez nos deixe alarmados.
No entanto, o assunto «falar» é tão importante, e é tal o seu significado, que se torna difícil fazer-lhe toda a justiça. Tendo afirmado que falar «em público» é provavelmente uma designação incorreta, que pode levar muitas pessoas, aliás inteligentes e experientes, a adquirir um certo número de técnicas assombrosas sobre a maneira de falar «em público», tenho de dizer agora o que é que o termo não implica. Não implica meramente a capacidade de falar com confiança, não implica meramente um consciencioso à-vontade num palanque ou a espontaneidade para falar sem receios em qualquer ocasião. Em resumo, a educação da fala não consiste num exibicionismo de tribuna.

Devo fazer notar que a educação da fala nos proporciona vantagens não apenas educativas, mas também pessoais. As vantagens pessoais, especialmente com uma prática constante, são:

  1. uma pessoa pensa mais claramente;
  2. melhora a sua aparência;
  3. melhora a sua voz;
  4. melhora o seu poder de concentração;
  5. amplia os seus interesses.

Não há qualquer mistério na fala eficaz e na troca de ideias com os amigos. Falar claramente e de um modo conciso é ao mesmo tempo uma arte e uma habilidade. Não é uma qualidade nata ou um atributo de poucos; qualquer pessoa, praticamente, com uma aplicação inteligente, pode dicidir-se a falar com vigor e de modo convincente. Falar «em público», como na TV, não é uma questão de gestos estudados e de «declamação»; exige uma maneira própria, direta, simples, sem truques oratórios ou declamatórios.

Consideramos os dois componentes orador e auditório. Os problemas de um orador são diferentes dos de um escritor, embora os dois utilizem símbolos verbais. Um escritor depende da sintaxe. A ordem em que põe as suas palavras sugere a entoação, a pausa e a ênfase. Um orador traz consigo toda a sua personalidade e todo o comportamento possível para a tribuna, e com isto reforça as palavras e as ideias que exprime. O seu comportamento na tribuna aumenta ou diminui o valor da sua expressão. Falta dizer que em televisão como em rádio, a adaptação às exigências de um auditório requer, naturalmente, uma seleção conveniente do valor psicológico das palavras capaz de persuadir ou despertar qualquer atitude emocional particular.